A Vocação

 

 

 

Os jovens se sentem perdidos ao escolher uma carreira. A variedade de profissões existentes é muito extensa e isso os deixa mais confusos ainda. Além disso, eles sofrem as pressões dos familiares e colegas que por diversos motivos os influenciam, fazendo com que os mesmos comecem a olhar mais pelo prisma das facilidades, do que pela verdadeira vocação.

Não levam em conta que, uma pessoa para se tornar um bom médico, por exemplo, tem que ter vocação para essa carreira, mesmo porque sem isso, ela não vai suportar os problemas específicos da profissão, como horários puxados, stress com atendimentos de emergência, etc., ou seja, o lado não muito agradável que toda  profissão possui.

Vocação é algo que vem de dentro, de acordo com as características da personalidade de cada um, que combine com as suas idéias, pensamentos e ideais. A vocação é pessoal, quase como um dom divino e portanto, tem que ser vista com mais seriedade, tem que ser pensada, pesquisada e analisada.

 Quando seguimos a nossa verdadeira vocação, conseguimos a nossa satisfação pessoal e, cumprimos a nossa meta de vida, já que ela fica com muito mais sentido.

Além disso, temos que ver que toda  carreira subentende um papel e uma responsabilidade para com a coletividade, ou seja, temos obrigações para com as pessoas que nos cercam, e, isso deveria ser levado em conta, pois as profissões não existem só para ganharmos dinheiro e obtermos sucesso e poder, elas também possuem uma finalidade social, isto é, uma responsabilidade para com toda a sociedade.

 

Selma Di Iulio

Artigos

<< PÁGINA PRINCIPAL >>